sábado, 11 de abril de 2009

RESPONDA UMA QUESTÃO!


Modelo de aluno | tipo de arranjo 5 | UNIP Norte, 2009.

Estudando a Unidade Habitacional

Como primeiro exercício do semestre propusemos o estudo da unidade de habitação. Esta consistia no arranjo de dois módulos iguais com altura mínima de 2.60m. A fim de utilizarmos a maquete como ferramenta para explorar as possibilidades de combinação espacial das unidades usamos CAIXAS DE SAPATOS representando os módulos (na escala 1:25). Em função de sua dimensão e da forma como propuseram o arranjo, cada aluno chegou a uma determinada área construída.

Os módulos variaram entre 3 a 5.5m de largura x 6 a 9m de comprimento, o que gerou áreas entre 18 e 45m2 aproximadamente (cada módulo).

De forma geral identificamos 5 tipos de arranjos que se repetiram:

1) Módulos "lado a lado" gerando um espaço único quadrado.

2) Módulos "lado a lado" deslocados, gerando um pavilhão central e dois cômodos (ou áreas) mais independentes.

3) Um módulo sobre o outro em sentido contrário gerando uma área com pé-direito duplo ou terraços.

4) Módulos justapostos "lado a lado" em formato de "L", propiciando uma grande ala e um anexo ou espaço mais independente.

5) Opções que mesclam ou fogem destas quatro apontadas acima. Podemos chamá-las de exceções.

O objetivo deste exercício foi o estudo da unidade habitacional sob os seguintes aspectos:

a) Compreensão do conceito de MODULAÇÃO e MÓDULO.

b) PARTIDO de composição volumétrica e de agenciamento do programa.

c) Elaboração de PROGRAMA.

d) MECANISMOS DE FLEXIBILIDADE espacial.

e) PRINCÍPIOS CONSTRUTIVOS.


QUESTIONAMENTO?

Q) Quais as dimensões do seu módulo, como os combinou (anote o número de classificação acima) e com qual finalidade, qual ou quais estratégias usou para distribuir o programa no espaço e quais as principais qualidades do espaço criado?

7 comentários:

  1. Pessoal, vamos usar este espaço para refletir sobre as atividades realizadas na disciplina de projeto! Estou aguardando vocês! :-)

    ResponderExcluir
  2. Nome: Sandra Tamires de Araujo
    Ra: 837971-8
    Turma: AU3P20 – Unip Norte
    Resposta da Questão do Blog da Disciplina de PA.

    Meu módulo possui 5m de largura X 7.20 de comprimento gerando uma área 36m2 .
    Foram combinados como o tipo de arranjo classificado como: 3( Um módulo sobre o outro em sentido contrário gerando uma área com pé-direito duplo ou terraços). Os dois módulos combinados geram uma área de 72m2.Estes foram agrupados desta maneira com a finalidade de gerar um pé direito duplo que proporciona uma sensação de amplitude, e a formação de dois andares que separam a área social da área mais intima da habitação. No pavimento térreo está toda a área mais social da casa ,uma pequena cozinha, uma sala de estar bem iluminada por aberturar generosas integrada com uma área para ginástica e meditação que possuem portas de correr e se for necessário pode ter um outro tipo de uso como dormitório por exemplo, esta área de ginástica esta ligada a uma área externa da habitação coberta que foi gerada devido a combinação proposta para os módulos (um sobre o outro em sentido contrário) . No pavimento superior esta a área mais intima da casa onde esta localizado o quarto que tem uma vista privilegiada gerada pelo pé direito duplo e as generosas aberturas; por um amplo banheiro disposto com dois acessos um para visitas e outro mais intimo para os moradores, o banheiro foi dividido em vários ambiente que podem ser integrados ou separados por portas de correr dentre esses ambientes temos um lavabo, uma sauna, e uma área para ducha circular e banheira com uma bela vista proporcionada por uma abertura com vidro fosco que a integra com a varanda e com o exterior. O espaço possui como qualidades: a sensação de amplitude proporcionada pelo pé direito duplo, a separação de social e intimo as aberturas que geram iluminação e ventilação e a possibilidade de modificação do uso e a integração ou separação de alguns espaços.

    ResponderExcluir
  3. Nome: Paulino Araquem de Menezes Júnior
    Ra: 932596-4
    Turma: AU3P20 – Unip Norte
    Resposta da Questão do Blog da Disciplina de PA.


    A modulação em questão pode ser classificada como a 5 (Opções que mesclam ou fogem destas quatro apontadas acima. Podemos chamá-las de exceções.), pois os módulos estão deslocados gerando cômodos ou áreas mais independentes com um pé direito duplo e terraço.
    Sua dimensão é:
    7 de largura por 5 de profundidade; Área de 35 m2; Somando os módulos temos: 70 m2
    O espaço foi projetando dando ênfase ao estúdio de som e ao quarto de estudos.
    No pavimento térreo está localizada a cozinha, uma sala de estar bastante iluminada por conta do pé direito duplo onde sua parte superior é toda de vidro, o estúdio de som e o quarto de estudo. Esses dois últimos contem paredes e portas de vidro que proporcionam um bom isolamento acústico. Neste mesmo pavimento também temos a possibilidade de integração desses cômodos transformando assim numa área ampla de convívio, pois as portas de vidro que dividem os ambientes são corrediças (no estúdio) e giratórias (no quarto de estudo) quando abertas geram um grande vão.
    No pavimento superior está localizado o quarto do casal onde temos uma ampla visão da sala por conta do pé direito duplo e das portas corrediças de vidro. Podemos ver também neste cômodo uma integração com a sala de estar e o terraço o qual também está localizado no mesmo pavimento.
    Podemos citar como principais qualidades do espaço em questão a própria integração e separação dos ambientes, a amplitude proporcionada pelo pé direito duplo, a iluminação e ventilação dos cômodos e o terraço na parte superior da edificação gerando mais uma área de convívio.

    ResponderExcluir
  4. Para o projeto que desenvolvi, os módulos tem dimensões de 6,00m X 8,00m cada, num total de 96m² de área. Foram dispostos lado a lado deslocados, gerando um pavilhão central de comunicação e dois cômodos (áreas) mais independentes. Como a proposta principal era o trabalho em casa dos moradores, essa foi disposição que (neste projeto) melhor separou as áreas privadas da residência (espaços íntimos, sociais e serviços estritamentes residenciais) da área de trabalho, porém de tal forma que em dadas situações todas as partes (da área de trabalho) se comunicassem e se integrassem as demais.Para isto foi utilizado elementos móveis que de acordo com a situação de utilização do imóvel o compartimentasse para cada função, seja trabalhos individuais, trabalhos integrados, festas, alojamento, etc. Isto fez com que o espaço ficasse mais dinâmico, perdendo a característica estática dos compartimentos, de forma lúdica quebrando assim a monotonia da casa.

    ResponderExcluir
  5. Daiany Albuquerque27 de abril de 2009 11:47

    MInha unidade habitacional é a 3 (da lista acima) tem 5x9 dando um total de 45 mts², escolhi tal disposição das caixas por levar em consideração o meu tema que seria tecnologia, daria para obter mais integração entre os 2 pavimentos e um bom aproveitamento do espaço.

    ResponderExcluir
  6. Monique Alves
    RA: 997226-9
    AU2P20 - UNIP NORTE

    Cada um dos meus módulos possuem 4,7m por 7,3m, tendo uma área de 34,31m² cada (68,62m2 no total), com um pé direito de 2,7m. Combinei os módulos conforme descritos no item 3 (Um módulo sobre o outro em sentido contrário gerando uma área com pé-direito duplo ou terraços). Optei por criar um pé direito duplo ao invés de uma varanda, pois dá um ar diferenciado ao local, proporciona uma sensação agradável de ampliação no espaço, o que se torna importante considerando que não há muitos metros quadradros na habitação. Uma outra qualidade importante que consegui com a adoção dessa combinação, foi criar um espaço coberto na fachada, local onde optei por colocar a porta de acesso, fato que se torna importante em dias de chuva.
    Na parte térrea da habitação estão os ambientes socias: sala de tv, cozinha, lavado e estar, na parte superior ficou localizado o quarto do casal (clientes para qual projetei) com um banheiro e um closet. As palavras-chaves do projeto foram relaxamento e integração, relaxamento pois busquei colocar em cada ambiente uma área assim destinada, como solicitou a cliente e integração pois, a não ser na segunda opção de planta, praticamente não existem divisórias entre os ambientes, dessa forma, acredito que tenha conseguido alcançar um espaço agradável, bonito e funcional.

    ResponderExcluir
  7. Nome: Sílvia Mitsue Baba.
    R.A.: 938071-0.
    Turma: AU3P20.
    Unip Norte.

    Após um estudo com as mais variadas possibilidades de disposição dos módulos, a mais adequada em relação as funções e as atividades seria a opção 1; Cuja medida de cada módulo é de 7 de largura, por 5 de profundidade; com área de 35m², somando 70m² com os 2 módulos.
    O espaço foi distribuído de acordo com as necessidades. Com espaços isolados como o estúdio localizado ao "fundo" que possui tanto acesso externo individual, quanto interno no espaço que não chega a ser um corredor, que liga o dormitório do casal (criando um espaço íntimo para quando houver visita), o estúdio, o banheiro e torna-se um integrado, ligando o ambiente de estudo com a sala (que também possui acesso externo principal) e a cozinha quando necessário e desejado é só mover as "paredes" de correr; há também integrasa a cozinha, uma pequena lavanderia. Ambos os ambientes e suas disposições atendem as necessidades de seus usuários, com o objetivo de integrar espaços e atividades sem comprometer a individualidade e a vida dos ambientes.

    ResponderExcluir